A Fraude Monstruosa – Palestra do Lorde Monckton

Esta foi outra palestra que ocorreu durante o congresso organizado pela “Freedom Force International” em Phoenix – Arizona/US em dezembro de 2016. O tema deste congresso foi justamente o “Global Warming; An Inconvenient Lie” (O Aquecimento Global; Uma Mentira Inconveniente) já discutido num outro artigo deste blog (O Aquecimento Global: Uma Mentira Inconveniente). A grande particularidade e interesse deste congresso foi de reunir grandes nomes e lideres de opinião mundiais ativos no combate ao mito do Aquecimento Global Antropogênico (ou AGA), no que preferi dedicar um artigo para cada palestra principal realizada, e discutirei e comentarei os pontos mais interessantes.

Esta foi a agenda do congresso, e cada palestra pode ser encontrada no YT:

An Inconvenient Lie Agenda

Esta foi praticamente a palestra mais importante e esperada deste congresso, e foi dada por uma das personalidades mais ativas ao nível mundial, o Lorde Monckton.

Lord Monckton

Como em quase todas suas palestras, conferências e entrevistas, o Lorde Monckton começa com muito humor, e sempre relacionado com a temática do AGA, como neste slide:

Lord Monckton 2

No que ressalta que o aquecimento global existe e é evidente, porém não com a urgência, catastrofismo e causalidade com o qual nos é sempre apresentado pela ONU / IPCC e promovido pela mídia de massa.

Por volta dos 4min30, o Lorde Monckton enfatiza a política questionável das nações Unidas em volta do assunto do AGA, e faz a “modesta proposição” que os Estados Unidos e a Inglaterra se retirem conjuntamente da ONU, no que é aplaudido por toda a audiência.

A partir dos 5 min. o Lorde Monckton apresenta fatos em relação ao aumento das emissões de CO2 pelo uso de combustíveis, e que estas aumentaram mais do que o que foi previsto pelos modelos do IPCC, mas por outro lado as medidas do aquecimento global estão abaixo de todos os modelos climáticos apresentados.

Lord Monckton 3

Lord Monckton 4

E começa então a apresentação de como todos os modelos climáticos e projeções das evoluções das temperaturas falharam miseravelmente. Vale a pena relembrar que este ano (2018), se festeja os 20 anos da “pausa”! Pois é, mesmo com toda esta balburdia em volta do AGA, e todo este estado de urgência e o catastrofismo geral, fazem 20 anos que as temperaturas globais vem caindo, o ano de 1998 ainda é dado como o mais quente desde a balburdia geral da nova era glacial dos anos 70. Só de volta a 1936 para se ter dados e medidas que demonstram que este ano foi ainda mais quente que 1998.

Aos 14 minutos é apresentado um slide que prediz 50 milhões de refugiados climáticos em 2020, no que o palestrante também faz uma predição sem muito risco de se enganar afirmando que nunca se terá tamanho número de refugiados, nem se a situação fosse realmente catastrófica. Um pouco depois é mostrado que a temperatura dos oceanos subiu de um mero 1°C em 430 anos, o que foi muito usado pelos aquecimentistas para provar o AGA, porém o Lorde Monckton deixa bem claro que também já foi demonstrado que a temperatura dos oceanos aumentou mas pelo fundo e não pela superfície. Mas tudo é bom para se promover o AGA. E outro fato que nunca foi relatado pela mídia é que o nível global dos oceanos abaixou de alguns milímetros entre 2003 e 2008, além da diminuição dos ciclones e furacões, e também das enchentes. Isto sem falar que as calotas polares vem batido recordes de extensão nestes últimos anos, como já foi comentado em outros posts neste blog.

Após isto, são comentados as informações e alegações fraudulentas feitas pelo IPCC e outros aquecimentistas, culminando no tão conhecido “consenso científico de 97.1%” no qual as atividades humanas estão muito provavelmente causando em grande parte o aquecimento global atual,  o qual, quando decodificado, se vê claramente que é totalmente fraudulento. Este “estudo” demonstra que dos 11944 abstratos que foram revistos:

  • 7930 abstratos foram excluídos por não apresentarem opinião (66.4%)
  • 3896 marcados como aceitando que as atividades humanas possam causar algum aquecimento (32.6%)
  • 64 marcados como afirmando que as atividades humanas causam a maior parte do aquecimento (0.5%)
  • 41 marcados como afirmando de fato que as atividades humanas causam a maior parte do aquecimento (0.3%)

Lord Monckton 5

O Lorde Monckton procede explicando por um bom tempo sobre o quanto é difícil de se prever ou estimar de como será a evolução do clima visto que se trata de um sistema do tipo caótico e que é praticamente impossível de se realizar um modelo fiável visto a quantidade de variáveis em tal sistema. Porém modelos mais realistas como o que foi proposto pelo Happer et al. 2015, o qual estima que um aumento de 1.5°C pode ser possível se a quantidade de CO2 for dobrada, o que levará séculos para acontecer, mesmo no ritmo de aumento atual. E as consequências de tal aumento de temperatura e concentração de CO2 só poderiam ser benéficos ao planeta aumentando assim a biomassa e produção de alimentos, como já foi mencionado na apresentação do próprio Prof. Will Happer neste mesmo congresso e já discutido neste blog: Mais CO2 beneficia a terra – Palestra do prof. Will Happer

O Lorde Monckton conclui a palestra dizendo que toda esta situação foi causada por “erros científicos” deliberadamente ocasionados afim de provocarem este estado de pânico climático generalizado, e que se tais erros forem retirados da equação, este pânico climático terá chegado ao fim. Como disse o Lorde Monckon: – se a ciência é o que entra, a verdade é o que sai, o jogo acabou e o pânico está para trás ! E prossegue dizendo que atualmente 1.2 bilhões de pessoas não tem acesso a eletricidade, e que milhares destas pessoas morrem todo ano por não terem este acesso justamente, enquanto que instituições como a ONU e o IPCC continuam a fazer projeções hipotéticas e baseadas em modelos que já foram provados errados, e que o AGA poderia a vir matar outros milhares em 100 anos! Estas instituições deveriam começar a considerar os problemas reais e atuais da humanidade e se empenhar a usar uma pequena parte do dinheiro que recebem dos países para o tal combate ao AGA (que não serve para nada) e construir sistemas de produção de eletricidade eficazes e baratas para as populações que não tem acesso a esta energia fundamental.

Primeira publicação: 05.11.2018

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s